Meu corpo está mais quente
Sinto o pescoço, o pulso, o olhar
Tudo pega fogo

O calor antes transferido
Agora é somado

Dentro e fora de mim.

E naquela parte que não dá pra ver
Também não dá pra tocar
Não porque não exista
Mas porque arde.

É febre de corpo e alma.