Enquanto eu espero o dia
Vou tentando levar o hoje.
(Levar?)
Nem me levar eu to agüentando...
Ando me arrastando, me escorando
Me apoiando no que o amanhã vai ser.
Ando com preguiça de esperar
Uma espécie de ansiedade ao contrário.
Um formigamento na alma
Uma inquietude que não passa.
É a sede do amanhã certeiro
que me deixa assim.
E o tempo que sempre me acostumou
Com a velocidade das suas horas
Achou agora de me contrariar.
Vem a passos lentos.
Desfilando na passarela da vida
Me mostrando: eu é quem mando no pedaço!
Tudo bem, eu sei que ele é o rei.
Saúdo e respeito.
Mas não posso deixar de tentar:
Passa depressa, vai?

2 comentários:

Luise Costa Lima disse...

Risoss.. É um tempo mesmo engraçado, parece que está de pirraça.. Não sei se é pra testar, pra acostumar. Vai saber, tempo tem suas razões. (Mas eu aqui dentro vou numa insistência doida, oferecendo propina aos segundos)

be disse...

華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,