Nasce nela como que por nada

Nasce nela, simplesmente

Como o dia que chega

porque tem que chegar

Nasce nela um sorriso

com amplitude solar

E assim, com seus raios

Ela vai aquecendo por dentro,

Espalhando por fora

Derramando sem pena

Distribuindo como quem distribui doces

Cheia de vida, de desejos

Sem pedir algo em troca

Sem querer nada mais

Somente esperando que você

Se aproxime para somar

E traga ainda mais brilho

Para esse sorriso solar.



2 comentários:

Luise Costa Lima disse...

"Nasce nela um sorriso com amplitude solar". Não sou eu que mais entendo disso. Somos nós. Somos nós que abrimos a alma quando vemos o escancarado azul do céu. Somos nós que sabemos, no fundo sabemos, que há algo para comemorar nessa claridade toda. Sabemos que é um convite: para amar, para ser, para rir. Sabemos que é um pedido pelas mãos dadas. Pelo derramar de corações. E até - pelo esquecer de compromissos. Sabemos sim: que a vida sorri, sorri de lá de cima, quando o sol se abre.

Amiga, você está cada vez melhorr nos poemas, estão perfeitos! E me encontro, cada dia mais, neles e em você.

Te amo!

be disse...

華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,