Meu coração não está mais aqui. Já partiu. Embarcou balançando nos meus pensamentos. Atravessou fronteiras, línguas e já está lá, onde eu bem queria estar. Meu coração já está conhecendo gente nova, rindo dos sotaques, fazendo piada, piscando olhinho, dançando na praça, se lambuzando com a mais pura felicidade sabor dulce de leche. Não peço que ele volte. Quero mais é que ele aproveite. Aproveite ao máximo. Porque logo, logo, quem vai aproveitar sou eu.