Quando uma mente é mais imaginativa que a imaginação

Já te imaginei careca, elegante.

Já te sonhei príncipe, com cabelos esvoaçantes.

Já te quis grisalho, fortinho, magrinho, neguinho.

Admiro seu sorriso, adoro seus papos.

Sei do seu abraço.

Experimento nossos almoços, lanches, dias.

Ouço e já gosto das músicas que você ouve.

Já te tenho no meu caderno e nos meus versos.

Nos meus olhos e na minha alma.

No meu peito e no meu abraço.

Tenho o seu espaço.

Guardado, reservado, ilimitado.

Te tenho hoje.

Presente.

Te tenho sempre.

Em minha mente.


3 comentários:

ShAyLyNhA disse...

Ludi, nós nem nos conhcemos e eu assumo que não sou muito assídua nos comentários, porém na leitura dos textos estou sempre por aqui sentada na sua varanda lendo e sentindo o ventinho...
Porém dessa vez parece que minha alma entrou na sua e você escreveu extamente o que eu sinto, imagino, pensava e queria!
Não podia deixar de comentar e dizer o quanto gosto daqui!
Beijos grandes

Ludi disse...

Ah, que lindo Shaylynha!
Tomara q a gente continue em sintonia!
bjos!

Heleny disse...

Quelindooooo...sucessssssso...cada dia se superando...Sua fã de carteirinha.
Mãe